Saúde e Bem Estar

Com a pandemia, brasileiros buscam limpeza mais caprichada, revela pesquisa

A pandemia de Covid-19 trouxe novos hábitos para sociedades em todo o mundo. Além do uso de máscaras, como medida de prevenção ao coronavírus, as pessoas intensificaram medidas de higienização.

Especialistas apontam que as chamadas medidas não farmacológicas foram fundamentais durante a pandemia, principalmente na fase anterior à aplicação das vacinas.

Uma pesquisa sobre hábitos de limpeza antes e durante a pandemia revela que 73% dos brasileiros buscam uma limpeza mais detalhada e com capricho no lugar de faxinas superficiais.

Por conta de medidas de isolamento social, as pessoas passaram a permanecer mais tempo em casa, o que aumentou a preocupação com a higienização das superfícies. A alta possibilidade de contágio também fez com que a limpeza doméstica ganhasse ainda mais espaço na vida das pessoas, segundo o levantamento.

Foram realizadas 1.013 entrevistas, a partir de uma metodologia quantitativa online, com painel de internautas. A amostra foi composta de homens e mulheres, das classes ABC, com idade entre 25 a 60 anos e residentes em todas as regiões do Brasil.

Limpeza pesada

Além de um desafio particular no âmbito da convivência, concentrando mais indivíduos debaixo do mesmo teto, o isolamento social impôs o desafio da manutenção e da higienização dos cômodos.

A pesquisa apontou, por exemplo, que quase 40% da população (36%) passou a realizar limpeza pesada pelo menos duas vezes na semana durante a pandemia, demonstrando os efeitos de estar mais tempo dentro de casa e a busca por hábitos de higiene mais rigorosos como forma de prevenção ao coronavírus.

Se, por um lado, 73% dos brasileiros fazem questão de uma limpeza mais detalhada, ao considerar o futuro da limpeza, 70% esperam que, com a tecnologia, produtos e equipamentos facilitem cada vez mais a limpeza doméstica, demonstrando como o ganho de tempo e a praticidade são expectativas pontuais no cuidado do lar.

À medida que as pessoas ficaram isoladas dentro de casa, a deterioração deste espaço, do ponto de vista da limpeza doméstica, passou a ser mais rápida. Isso intensificou a frequência da limpeza considerada mais pesada, que geralmente requer o uso de mais equipamentos.

Esse contexto ajuda a explicar por que mais de um terço dos brasileiros (41%) compraram efetivamente algum tipo de utensílio durante a pandemia. A pesquisa itens como mops (20%), aspirador vertical (17%), lavadora de roupa inteligente (8%), robô aspirador (6%), máquina de lavar louça (6%), por exemplo.

Os resultados indicam uma população que busca manter a casa sempre limpa, sem deixar de lado a praticidade, valorizando a economia de tempo. Perguntados sobre as principais características que buscam durante a limpeza doméstica, 45% responderam priorizar a rapidez.

O levantamento aponta um expressivo crescimento do uso de produtos complementares que sugerem deixar as superfícies livres de vírus e bactérias. Em se tratando de panos, 75% dos brasileiros afirmaram usar panos diferentes por ambiente da casa, e o reutilizável descartável ganhou destaque para um quarto dos brasileiros em áreas molhadas, como banheiro e cozinha, por serem ambientes que exigem maior assepsia.

A pesquisa revelou ainda que quase metade (49%) dos brasileiros acreditam que limpar a casa é um gesto de autocuidado. Antes da pandemia, a preocupação com o cuidado da casa já fazia parte da rotina das pessoas, sendo a higiene considerada um traço cultural da população.

O levantamento foi desenvolvido pela Kimberly-Clark, por meio da marca Scott Duramax, em parceria com a consultoria Grimpa.

“Essa pesquisa nos mostra como a população está enxergando e lidando com a higienização dos lares atualmente, em consequência de uma mudança na própria relação com a casa, e deixa mais do que claro que essas transformações vieram para ficar. Com novas necessidades, como ter um escritório em casa, e passando mais tempo dentro dela, as pessoas intensificaram certos cuidados que antes, talvez, não eram tão evidenciados”, comenta Bruno Sparapani, gerente executivo de marketing da Kimberly-Clark.

Related Articles

Leave a Reply

Back to top button
Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Também compartilhamos informações sobre o uso do nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise. View more
Cookies settings
Aceitar
Rejeitar
Privacy & Cookie policy
Privacy & Cookies policy
Cookie name Active
Agradecemos por escolher o site Concurso Passei Direto. A sua privacidade é uma prioridade para nós. Esta Política de Privacidade explica como coletamos, usamos e protegemos as informações pessoais dos usuários do nosso site. Ao utilizar o Concurso Passei Direto, você concorda com os termos descritos nesta política.
  1. Informações Coletadas:
1.1. Informações Pessoais: Podemos coletar informações pessoais, como nome, endereço de e-mail, número de telefone, e outras informações relevantes quando você se cadastra ou interage com o nosso site. 1.2. Informações de Navegação: Coletamos dados não identificáveis, como endereço IP, tipo de navegador, provedor de serviços de Internet, páginas visitadas e horários de acesso. Essas informações são usadas para melhorar a experiência do usuário e administrar o site.
  1. Uso das Informações:
2.1. Melhoria do Serviço: Utilizamos as informações coletadas para melhorar nossos serviços, personalizar o conteúdo, e fornecer uma experiência mais eficiente e personalizada. 2.2. Comunicações: Podemos utilizar suas informações de contato para enviar comunicações sobre atualizações do site, novos recursos, ofertas especiais, ou outras informações que julgamos relevantes. 2.3. Cookies e Tecnologias Semelhantes: Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para coletar informações sobre o seu comportamento de navegação no site, o que nos ajuda a personalizar o conteúdo e a melhorar a funcionalidade do site.
  1. Compartilhamento de Informações:
3.1. Parceiros e Fornecedores de Serviços: Podemos compartilhar suas informações com parceiros e fornecedores de serviços que nos auxiliam na operação do site e na prestação de serviços. 3.2. Requisitos Legais: Reservamo-nos o direito de divulgar suas informações pessoais conforme exigido por lei ou quando acreditarmos que tal divulgação é necessária para proteger nossos direitos legais.
  1. Segurança:
4.1. Medidas de Segurança: Implementamos medidas de segurança para proteger suas informações contra acesso não autorizado, alteração, divulgação ou destruição não autorizada.
  1. Seus Direitos:
5.1. Acesso e Atualização: Você tem o direito de acessar e atualizar suas informações pessoais a qualquer momento. Se desejar exercer esse direito, entre em contato conosco. 5.2. Cancelamento de Assinatura: Se não deseja mais receber comunicações nossas, forneça um meio de cancelar a assinatura nas comunicações ou entre em contato conosco para realizar essa solicitação.
  1. Menores de Idade:
O site Concurso Passei Direto não se destina a menores de 13 anos, e não coletamos intencionalmente informações de menores de idade. Se tomarmos conhecimento de que coletamos informações de um menor de idade, tomaremos medidas para remover essas informações.
  1. Alterações na Política de Privacidade:
Reservamo-nos o direito de atualizar esta Política de Privacidade a qualquer momento. Recomendamos que você reveja periodicamente as alterações. A continuação do uso do site após as alterações indica a sua aceitação dessas alterações.
  1. Contato:
Para quaisquer dúvidas, preocupações ou solicitações relacionadas à privacidade, entre em contato conosco através contato@concursopasseidireto.com.br. Ao utilizar o site Concurso Passei Direto, você concorda com os termos desta Política de Privacidade.  
Save settings
Cookies settings