Viagens

Planejamento e antecedência são as palavras-chaves para viajar com milhas

Assim como no universo das viagens, o mundo das milhas também reserva as melhores oportunidades para quem faz emissões com antecedência.

É possível conhecer lugares fantásticos viajando com milhas aéreas. (Foto: divulgação Gabriel Dias)

2024 já chegou e se você quer viajar usando milhas, precisa começar a se planejar. Não é exagero dizer que, se você quer fazer a sua viagem dos sonhos em dezembro de 2024 ou janeiro de 2025, já precisa começar a pensar nas emissões, principalmente se for em Classe Executiva.

Em geral, é possível fazer emissões com 330 dias de antecedência (variando de acordo com a companhia aérea).

Claro que oportunidades de última hora podem aparecer, mas não há nada melhor do que o planejamento. Além da passagem aérea, você vai precisar reservar hotéis, carro, passeios… A antecedência também pode gerar economia.

É preciso considerar também a quantidade de assentos: caso precise de dois ou mais lugares, a antecedência é ainda mais importante. Muitas vezes eu encontro excelentes emissões, mas apenas com um assento disponível.

Melhores emissões com antecedência

Algumas companhias aéreas costumam oferecer ótimas oportunidades com antecedência, a exemplo de:

  • American Airlines
  • Aeromexico
  • Air France
  • ANA
  • Austrian Airlines
  • British Airways
  • Emirates Airlines
  • Ethiopian Airlines
  • Iberia
  • Japan Airlines
  • KLM
  • Qatar Airways
  • Thai Airways
  • Turkish Airlines
  • United Airlines

Como funciona na prática

Em janeiro desse ano eu embarquei com minha família (esposa e filho) para Paris, Londres e Lisboa. Comprei o trecho de ida, São Paulo – Paris em março de 2023, em classe executiva para todos. Já o trecho de volta, Lisboa-São Paulo, esperei um pouco mais em busca de uma oportunidade bacana.

No final, consegui classe executiva para todos. Os voos entre França, Inglaterra e Portugal também foram todos emitidos com milhas.

Considerando janeiro, mês de alta temporada, é possível calcular que gastaria cerca de R$ 100 mil. Mesmo comprando milhas para aportar o valor total, não gastei nem 1/3 desse valor. Gastei 280 mil pontos, por pessoa, considerando todos os trechos aéreos. Isso só foi possível porque usei meu conhecimento de milhas de forma estratégica.

Vou dar mais um exemplo. Já planejei uma viagem para esse mês (março) para Turquia e Grécia. Mesmo cenário: emiti três assentos em classe executiva ida e volta. E agora estou de olho em opções para julho de 2024. Apesar de já ter visto algumas boas emissões, ainda não bati o martelo.

Em caso de cancelamento, como funciona?

Isso varia conforme cada companhia aérea. Alguns não devolvem nada, outras apenas uma parte e tem quem devolva tudo, como no AAdvantage, da American Airlines.

Nesse programa, o usuário cancela sem custos a passagem aérea, recebendo as milhas integralmente de volta, assim como as taxas de embarque.

Como eu sempre digo: planejamento é tudo! Esse ano infelizmente não temos muitos feriados prolongados como em 2023, mas ainda dá para aproveitar o segundo semestre de 2024 para viajar com milhas.

Onde encontrar boas emissões?

Mandamos diariamente emissões com milhas de diversas companhias aéreas para diferentes lugares do mundo, em nosso grupo pago Emissões com Milhas no WhatsApp! Clique aqui para conhecer e fazer parte!

LEIA TAMBÉM:

Gabriel Dias responde 11 perguntas sobre o cartão de crédito

Os 3 maiores erros ao acumular milhas aéreas

10 dicas para você acumular milhas a partir de hoje

Benefícios secretos do cartão de crédito

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo