Viagens

Stopover no Catar, vale a pena? Como funciona?

Fazer um stopover em Doha, capital do Catar, é a melhor forma de conhecer um país sem pagar nada a mais por isso. Veja como funciona a escala oferecida pela Qatar Airways.

Vista aérea do The Pearl. (Foto: shutterstock)

O programa de stopover da Qatar Airways permite que os viajantes explorem o Catar durante uma escala em uma viagem com a companhia aérea. Com paradas de até 4 noites, é possível conhecer a cultura local, visitar as principais atrações turísticas e até fazer um safári no deserto, tudo isso sem pagar a mais pela passagem aérea.

LEIA TAMBÉM: O que você precisa saber antes de viajar para o Catar

Stopover em Doha: como solicitar

Ao pesquisar voos para destinos operados pela Qatar Airways, selecione a opção “Stopover”, insira seu ponto de partida e destino final. Doha e Catar não devem ser preenchidos como pontos de partida ou destino.

Depois, você deve selecionar como prefere fazer o stopover – se é na ida ou na volta da viagem -, e, além disso, deve escolher quantos dias deseja ficar no Catar (máximo de 4 noites).

A companhia aérea oferece também pacotes de diárias em hotéis de 4 e 5 estrelas, mas você também pode reserva o seu hotel de forma independente, desde que apresente a confirmação da reserva junto com seu cartão de embarque no check-in do hotel.

Brasileiros precisam de visto para entrar no Catar?

Não! Brasileiros não precisam de visto para entrar em Doha desde 2017. A viagem tem que ter no máximo 30 dias, caso passe disso, é necessário pagar uma taxa, mas esse não será o caso, já que o stopover oferece no máximo 4 dias na capital do Catar.

Estradas de Doha e tráfego na baía oeste. (Foto: shutterstock)

Alguns pontos importantes: Se você for apenas trocar de avião, isto é, a sua conexão em Doha é de apenas 8 horas, não é necessário apresentar nenhum documento. Mas, se você for sair do aeroporto, ai precisa passar pela imigração e, neste caso, apresentar o passaporte com validade de pelo menos 6 meses.

Além do passaporte, pode ser que você precise apresentar um comprovante de estadia na capital, passagem de saída e o seguro viagem.

O que fazer em Doha durante o stopover

Se a sua conexão na capital é de 8 a 24 horas, nossa recomendação é que você não saia do aeroporto. O processo de desembarque pode levar de 2 a 3 horas, com isso, você já perde um bom tempo até passar pela imigração e corre um grande risco de perder o outro voo.

Caso opte pelo stopover no país, aqui vai algumas dicas do que conhecer na capital do Catar durante sua estadia. Vale lembrar que três noites são suficientes para aproveitar as opções culturais, os centros de compras e os passeios à beira-mar.

Souq Waqif

O Souq Waqif é o ponto de partida para explorar Doha. No centro da capital, este tradicional mercado árabe vende produtos típicos, além de especiarias e joias.

É uma profusão de aromas, sons e cores que atiçam os olhos e o paladar. Ali, também é possível encontrar uma área dedicada à Falconaria, modalidade de caça com aves de rapina, popular até hoje em países do Golfo.

Souq Waqif é o melhor local para comprar produtos típicos. (Foto: divulgação Qatar Tourism)

O falcão é tido como uma ave sagrada e de muita importância à cultura local.

E como todo mercado árabe, o Souq Waqif é um lugar de pechincha. Tenha em mente que todo valor ofertado ali está pronto para receber desconto se o viajante souber negociar com o vendedor.

Souq Waqif é um dos mercados mais antigos do Catar. (Foto: divulgação Qatar Tourism)
Onde comer

É no Souq Waqif que está um dos melhores e mais originais restaurantes do Catar: o Parisa, de culinária iraniana. Impossível não se sentir em um palácio enquanto uma suntuosa refeição é servida em meio ao seu imponente salão, ricamente decorado. Ótima oportunidade para saborear pratos típicos do Irã, como os kebabs acompanhados por arroz com açafrão

Atrações perto de Souq Waqif

Msheireb Museums

E já que o passeio inicia pelo lado mais histórico do Catar, a recomendação é permanecer em volta do souq, onde estão os Msheireb Museums, compostos por quatro casas que são patrimônio histórico nacional, cada uma com um tema ligado ao passado do país.

Pátio do conjunto de casas que formam o Msheireb Museums. (Foto: divulgação Qatar Tourism)

Em suas salas, há objetos, instrumentos, documentos e peças que mostram como era o dia a dia dos primeiros trabalhadores da indústria petrolífera do país que moravam no Catar, entre outros temas ligados ao passado do Emirado.

Corniche

Não muito longe do Souq fica a Corniche, avenida à beira-mar de Doha, um dos locais mais gostosos para passear.

O centro financeiro da cidade e seu conjunto de famosos arranha-céus também se concentram nessa orla que soma pouco mais de sete quilômetros.

Caminhe sem pressa, sentindo a brisa marinha e pare para tirar fotos na escultura The Pearl (com formato de uma concha aberta), local para contemplar o belo skyline da cidade.

The Pearl. (Foto: divulgação Qatar Tourism)

Por ali fica também o MIA Park, outro ponto que rende fotos as construções arrojadas que marcam o cartão-postal de Doha.

É desse ponto ainda que saem os passeios a bordo dos dhows, tradicionais veleiros responsáveis pelo transporte de bens e mercadorias. Hoje, cumprem a função turística de levar os viajantes do mundo todo para uma tranquila navegação ao redor da marina.

Museu de Arte Islâmica e Museu Nacional do Qatar

A região da Corniche conta ainda com duas importantes atrações culturais: o Museu de Arte Islâmica, ao lado do MIA Park; e o imperdível Museu Nacional do Qatar, que conta toda a história do emirado, desde os primórdios da humanidade até o futuro, passando pela época da descoberta do petróleo e da exploração de pérolas na costa, quando começou o boom da economia local.

Museu Nacional do Qatar. (Foto: divulgação Qatar Tourism)
Parque MIA e o Museu de Arte Islâmica de fundo. (Foto: divulgação Qatar Tourism)

Sua arquitetura externa é lindíssima, com uma construção em formato de rosa do deserto.

Onde se hospedar

Quem procura um hotel nesta área mais central, encontrará como uma boa opção de hospedagem o cinco estrelas Al Najada Doha Hotel by Tivoli, no coração do Souq Waqif.

LEIA TAMBÉM: Descubra os melhores passeios para fazer em Dubai

Mesquita Nacional

A Mesquita Nacional do Qatar (Mesquita Imam Muhammad ibn Abd al-Wahhab) é outro ponto turístico que não pode ficar de fora do seu roteiro por Doha. Inaugurada em 2011, essa é a maior mesquita do país, e acomoda até 30 mil fiéis.

O local de culto é um importante espaço para os mulçumanos do Catar. Para visitá-la, os visitantes devem cobrir os ombros, os joelhos e as mulheres o cabelo.

Villagio Mall

Os qataris parecem gostar bastante de Veneza, já que um dos principais e mais luxuosos shoppings de Doha, o Villagio Mall, tem arquitetura inspirada na famosa cidade italiana, com direito até a passeio de gôndola pelos canais artificiais que ficam dentro do centro de compras. O shopping situa-se em um enorme complexo de lojas e lazer.

Interior do Villagio Mall. (Foto: divulgação Qatar Tourism)

Fora o shopping, o local conta com o Aspire Park, principal parque municipal da capital com lago, fontes e jardins, um verdadeiro refúgio no clima desértico, além do Estádio Khalifa, mais um dos palcos da Copa e também onde o Flamengo jogou a final do Mundial de Clubes em 2019.

Villagio Mall. (Foto: divulgação)

Outro ponto é o The Torch, também conhecido como Aspire Tower, o maior arranha-céu do Catar. A moderna construção tem o formato de uma tocha e soma nada menos do que 300 metros de altura.

The Tourch. (Foto: divulgação Qatar Tourism)

O prédio abriga o hotel 5 estrelas The Torch Doha e o restaurante giratório Three Sixty, no rooftop, com vistas incríveis para a cidade.

The Torch Doha. (Foto: divulgação Qatar Tourism)

Completa o circuito o novo 3-2-1 Qatar Olympic and Sports Museum, dedicado à história e ao legado dos esportes, uma prova de que o país não pretende esquecer tão cedo da Copa do Mundo.

LEIA TAMBÉM: Conheça os principais shoppings centers do Catar

Katara Cultural Village

Em um mix entre compras e cultura, a Katara Cultural Village, pertinho do The Pearl e de Lusail, é outra atração imperdível.

A área à beira-mar conta com uma mesquita, um bonito anfiteatro, lojas e restaurantes típicos; e com o Katara Plaza, um luxuoso centro de compras, que conta inclusive com uma filial da loja de departamento francesa Galeries Lafayette.

Katara Plaza. (Foto: divulgação Qatar Tourism)

Boa opção de hospedagem nesse pedaço é Ritz Carlton Marina, ideal para quem busca estilo clássico e luxo.

Ritz Carlton Marina. (Foto: divulgação Qatar Tourism)

LEIA TAMBÉM:

Descubra os melhores passeios para fazer em Dubai

Planeta Arrakis: Conheça os cenários de Duna Parte II

Cairo, o que fazer na capital do Egito

Tunísia: o que fazer, onde dormir, como chegar e mais!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo